segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Destino


As vezes, a noite, vejo um mundo diferente, um mundo mágico de outras épocas
Uma divisão invisível que paira leve entre o tempo e a distância
Nossos mundos se colidem e se juntam como se fossem um
Uma harmonia perfeita entre tudo o que é belo e real
A mágica divina de formas sem forma,
Cheiros e toques que perturbam e enlouquecem
Lá fora o mundo respira calmamente, enquanto aqui dentro há uma agitação dissonante.
O fogo que queima a alma é o mesmo que a faz seguir em frente
Há uma solidão visitada
Um preenchimento e uma satisfação
A liberdade dirigida que agita e desequilibra
Num mar agitado onde as sensações são sempre como naiades belas e sedutoras
E o reflexo da luz que tua alma irradia me guia para as respostas que espero
Somos poeira numa paisagem adormecida, envoltos por grandes constelações
Seus olhos são estrelas que refletem o universo
A suave neblina que envolve, liberta e guia
Nas sombras vivem todas as lembranças de outros mundos
Realidades caóticas e sonhos perpétuos de divindades esquecidas
Sentirei o perfume noturno das arvores sob o luar enquanto meu silêncio se pronunciará
Estamos vivendo enquanto nos despedimos desta vida
Um adeus silencioso,
Porque o silêncio é a única expressão verdadeira.
E o céu estrelado traz-me o conforto da lembrança tua...
 
(Para Você de Nuit Engel)



Xandria - Only For The Stars In Your Eyes

Only, only for tonight
Only for the stars in your eyes...

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lindo...não tenho mais palavras para dizer....

    ResponderExcluir
  3. Querida Neith, esse é sem dúvida o mais belo de seus escritos. Tocou profundamente em minha alma, pude enxergar tudo aquilo que escreveu. Você é belíssima e de uma imensa sensibilidade, um grande abraço! Penélope...

    ResponderExcluir